SOFREMOS, PORQUE PENSAMOS DEMAIS…

Qual é o problema do pensar? O pensar projeta. O pensar adianta. O pensar não espera. O pensar define como será. O pensar não funciona conforme a realidade. O pensar funciona conforme nosso desejo. A realidade sempre estará para menos em relação aos nossos desejos. Achamos que sabemos da nossa felicidade. Já sabemos como gostaríamos que fosse. Sofremos, porque pensamos. Quando a realidade se desalinha dos nossos desejos, desembestamos a pensar e fugimos, novamente, dela. O pensamento cria uma convivência infernal com a realidade. Temos muita dificuldade em aceitar os fatos da vida. Na vida, o começo nunca será idêntico ao final. No amor, o começo nunca será idêntico ao final. No fundo, sabemos que não terminará bem, mas insistimos em negar esse fim. A ansiedade não deixa de ser uma forma de negação da realidade da vida. A depressão não deixa de ser uma covardia moral em aceitar a vida como ela é. O pensamento é asséptico demais. O pensamento é parcial. O pensamento não sabe lidar com a totalidade da vida. O pensamento não sabe lidar com o contraditório. Há o que não controlamos. Há o que temos que submeter. As leis da constância e da regularidade não funcionam para a vida e para o amor. É certo que perderemos nossos amores e nos perderemos de nós mesmos. Para não sofrermos tanto, precisamos encontrar outra forma, menos ilusória, de lidar com a vida que não essa que inventamos pela via do pensamento. 
Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s