A ARTE CURA …

Não acho que a briga seja contra o teatro. Não acho que a artes plásticas mereçam tanto ódio. Toda essa raiva é contra o que a arte representa. A liberdade incomoda. Há os que preferem a constância e a regularidade – como se isto fosse possível no mundo dos humanos. Toda essa histeria é sintomática da dificuldade de lidar com o diverso. Gosto quando a psicanálise nos convida a ir de encontro aos nossos perigosos desejos inconscientes. Gosto muito mais quando ela funda, nesse mergulho, uma ética da responsabilidade. A arte faz a mesmíssima coisa. Os artistas não são loucos. A arte vai aonde não damos conta de ir. A arte nos ensina a nos ver. Só a arte nos faz rir de nós mesmos. Por ela vamos e voltamos de onde a realidade não nos permitiria. Sem a arte, enlouqueceríamos. Sem a arte, faríamos sintoma dos nossos recalques. Nenhum artista age irresponsavelmente. Não há arte sem sentido – ainda que seu sentido seja dizer de quando não há sentido. Nem do nada podemos ser privados – uma vez que o nada é. Tenho medo do que pode nos acontecer sem as artes. Podemos perder nossas catarses e nossos espelhos. Daí, podemos fazer na realidade o que poderíamos representar nos palcos, nas telas e nos objetos. 
Evaristo Magalhães – Psicanálise

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s