A SAÍDA NÃO É NEM PELA ALEGRIA E NEM PELA TRISTEZA…

De modo geral, ao nos depararmos com algo inexplicável, mas dotado de alguma beleza, reagimos com alegria. Porém, ao sermos surpreendidos com algo, sem sentido, reagimos com tristeza.

Quando conseguimos explicar, não nos sentimos desamparados. A perda diz respeito ao que não tem palavra ou ao que não sabemos como recuperar.

É óbvio que ninguém reage feliz quando se sente abandonado  – a não ser em casos específicos de sofrimento mental.

Contudo, a tristeza, também, não é a melhor saída. A tristeza dói, desconcentra e paralisa.

Precisamos inventar uma linguagem entre a alegria e a tristeza.

A felicidade é patológica frente à dor. A tristeza não seria também? Podemos nos livrar da dor? Não. Podemos reagir com alegria? Não. Podemos reagir com tristeza? Também não.

Existe uma terceira via? Eis a questão!
Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s