QUAL A SUA FELICIDADE HOJE?

O animal vive no UM. Quando algo lhe falta, não sobrevive. O animal é incapaz de criar sobre a própria existência. Somos mais que UM. Nosso UM tem algo a mais. Nosso UM não é o mesmo. Nosso UM não é metonímico. Nosso um é metafórico. Nosso UM duplica-se em vários uns, para o bem ou para o mal. Quando é para o bem, ficamos felizes. Quando não é, ficamos tristes, ansiosos, melancólicos, angustiados ou depressivos. Quase nunca é só para o bem. Não existe ninguém cem por cento feliz. É por isso que a nossa felicidade tem que ser uma invenção constante. Quem não gostaria de atingir esse UM da felicidade? Portanto, precisamos nos perguntar qual felicidade o que estamos fazendo está nos trazendo? Precisamos perguntar qual felicidade ainda podemos encontrar no mundo? Se não for nenhuma, temos que modificar, com urgência, o que estamos fazendo e temos que batalhar para para um mundo melhor. Mesmo em um contexto de terra arrasada, temos que buscar algum sentido que nos faça prosseguir. Qual é o seu? Qual é o meu? Cada um tem o seu. O que não podemos é ficar no UM da dor de existir. 
Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s