SÓ A ARTE PODE NOS SALVAR …

Uma coisa é conceituar. Outra coisa é viver. Vivemos de conceitos. Sobre a vida mesmo, sabemos quase nada. A vida verdadeira, mais a tememos que a vivemos. Quanto à vida mesmo, só sabemos reagir com ansiedade, angústia e melancolia. Quanto às verdades da vida, conhecemos bem os engodos que inventaram pra ela. O problema é que dividimos o nosso viver em dois lados: bom/ruim, feio/bonito, triste/alegre, velho/novo. Outro problema, é que cremos na vitória de um sobre o outro. Queremos a eternidade do bom, do belo, do alegre e do jovem. Opomos um ao outro e entramos em uma batalha infernal por uma felicidade que nunca existiu. Não somos um ou outro: somos os dois. Ocorre, que com um gozamos, e com o outro desesperamos. Ocorre, que o bom não se opõe ao ruim, o feio não é superável pelo belo, nenhuma alegria dura para sempre e não existe a pílula da eterna juventude. Só a arte nos ensina a levar esses dois lados juntos, sem enlouquecermos. A filosofia quer resolver o contraditório: só vale o lógico. A ciência vem com suas promessas tecnológicas e mercadológicas. A religião vem com seu paraíso que nunca ninguém voltou para confirmar. Ainda bem que temos a arte para nos escancarar as desilusões do viver com humor, coragem e, às vezes, com leveza. Falta-nos fazer de nossas vidas uma arte …
Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s