NUNCA SAIA DE SI …

Não saia de si. Muito cuidado para que suas ideais não te levem para outros mundos que te façam enxergar o seu como pior: comparações são sempre cheias de angústia e culpa. Comparações nunca acabam bem. Atente-se para as suas emoções: temos mania de procurar amor onde não existe amor. O outro nunca te dará o que você quer – mesmo porque ele não o possui. A carência afetiva é um problema grave. Nunca ninguém conseguiu resolver seu dilema de amor amando outros. Ninguém pode ser causa de mim. Tenho é que me encontrar em mim. Tenho que ser pertinente para mim. Ninguém pode me acontecer. Eu é que tenho que me fazer acontecer. Não leia livros que digam que você precisa se encontrar fora de você. Não escute músicas com letras que digam que a felicidade é encontrar alguém que seja tudo para você. Não saia de você. Concentre-se nos seus prazeres – mesmo porque jamais nos abandonaremos de nós mesmos. 
Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s