AME-SE: NÃO ESPERE POR NINGUÉM…

Não é necessário saber lidar quando estamos felizes. O problema é quando a festa acaba e quando o outro resolve partir.

Não sabemos o que fazer quando não temos. Não sabemos o que fazer com a nossa solidão sem suas fugas. Somos do prazer dependente. Nossa felicidade é de impor condições. Nossa alegria de viver é possessiva. Só sabemos falar a língua do ter para ser. Não temos um nome próprio que nos faça independentes.

Ainda não nos descobrimos UM. Só sabemos de nós através de dois.

Nesses tempos de individualismo extremo, o melhor é começarmos a contentar com o que temos em nós mesmos.

Infelizmente, criamos essa cultura louca de que a felicidade para ser, só se for à dois. Nunca acreditei nisso. Sempre achei que, no amor, as relações nunca são de simetria. Nenhum par é feliz igual. Um sempre deixa um pouco mais de felicidade para o outro. Narciso nunca nos abandonou em nossas relações amorosas.

Portanto, se queres amar, ame-se. Não espere por ninguém – porque nunca será como você gostaria.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s