QUAL É O SEU NOME PRÓPRIO?

Nome próprio é o que temos que inventar para o que não tem nome. Pode ser um som. Pode ser um gesto. Pode ser um traço.

O que não somos não pode ficar sem nada – sob o risco de enlouquecermos.

Compartilhamos o sentido das palavras. Como compartilhar o que é sem palavras?

É relativamente fácil viver para os outros. Difícil é viver para si.

Saber para os outros não é o mesmo que saber para si. Como criar uma assinatura única de si?

A palavra não dá conta de tudo. Somos – também- silêncio. Nada de fora cabe no silêncio de nós mesmos. A existência exige que tomemos uma posição acerca de nós mesmos.

Como dizer de si de modo exclusivo? Temos que inventar um modo próprio de abordar quem somos.

Sendo isso só nosso, podemos ir cerzindo, rasurando e perfurando quem somos. Viveremos do prazer de experimentar a nós mesmos – e que ninguém pode experimentar igual.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s