O PROBLEMA É QUANDO O SENTIMENTO TRANSBORDA EM ANGÚSTIA E ANSIEDADE…

O problema é quando o sentimento transborda em ansiedade e em angústia … No caso das histéricas de Freud, o sentimento jorrava pelo corpo na forma de paralisias, contraturas e cegueiras. Hoje, compreendemos isso como uma forma de fala ou de escrita do desejo. Se a emoção pode entornar na forma de sofrimento, ela também pode transbordar na forma de prazer. O sujeito que queixa, no fundo, é aquele que não sabe transpor seus sentimentos em acontecimentos que não sejam de dor. A questão, na clínica atual, não é mais investigar a relação entre tristeza e trauma. Já sabemos que, pesquisando ou não, a tristeza continuará existindo do mesmo jeito. O que se coloca, agora, é como se arranjar com ela. Ou seja, como fazer dela um acontecimento bem feito. A psicanálise, finalmente, marcou um encontro com a arte. Inclusive, marcou um encontro com a poesia – no sentido de que tudo pode caber em um poema. Desse modo, a alegria de viver, agora, depende das invenções que o indivíduo for capaz de fazer com seus sentimentos. Não há receitinhas – mesmo porque a emoção é de cada um. 
Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s