POR QUE AS PESSOAS SÃO TÃO FANÁTICAS POR CERTAS IDEIAS?

O que há depois das ideias? Há as emoções. A angústia é sintomática da existência de alguma emoção que não sabemos o que fazer com ela. O problema não são as ideias e, sim, a dificuldade para lidar com os sentimentos. Na verdade, trata-se do nosso vazio de existir. Há sentimento. O que falta é capacidade de significar de modo adequado esse sentir. A emoção é que é ameaçadora. A palavra serve para disciplinar nossos sentimentos. Na ausência das letras, somos jogados na carne viva das nossas fantasias mais perturbadoras. É por isso que tantas pessoas se agarram, com unhas e dentes, a certas doutrinas. Tais pessoas, usam essas bizarrices como um recalque de seus próprios impulsos. Tais ideias funcionam como uma forma de defesa de alguma fantasia ameaçadora. De modo geral, as doutrinas defendem um pensamento diametralmente oposto ao do sentimento reprimido: basta escutar – ao inverso –  o que falam.  Toda a agressividade que manifestam é reveladora do pânico que seria assumir a verdade dos seus desejos. Odeiam aquilo que alguns conseguem nomear com tranquilidade. A rejeição ao nomeado por alguns – no fundo – é uma rejeição ao que eles amam sem dar conta de assumir como sendo amor…

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s