QUAL AMOR NÃO VAI PRA FRENTE?

Qual amor não vai pra frente? O amor que quer criar um laço orgânico com o outro. Que amor é esse? É o amor que projeta no ser amado a figura dos seus genitores. A pessoa busca no seu amante o pai ou a mãe que ela nunca teve. Por que esse amor é complicado? Porque é um amor simbiótico e grudado. É um amor onde UM quer formar com o OUTRO uma mesma célula. É um amor de falta. É um amor visceral. É um amor que dói na carne quando o outro vai embora. Não podemos amar no outro a força física e psicológica que não temos. Não podemos coisificar o outro. Não podemos procurar nele a proteção que necessitamos. Não podemos buscar alguém que garanta e banque quem somos em nossos momentos de tristeza e de raiva. Não podemos buscar no outro o que não tem solução para ninguém. Não podemos buscar no outro um amor incondicional. O outro não pode ser um vicio ou uma necessidade. Não devo precisar de ninguém como condição para o meu existir. Não podemos buscar quem dê conta da nossa imaturidade emocional. O amor não é uma doença. Nenhum amor infantil vai pra frente. Não podemos tomar o outro como o salvador das agruras da nossa existência: ele não suportará. Não temos salvação.
Qual amor devo procurar no outro? Devo amar seu jeito de ser – não como melhor ou pior que o meu – e, sim, apenas como diferente do meu. Devo amar seu modo de exercitar sua inteligência. O amor é troca. O amor não é inveja. O amor não pode ser carência. O amor não é submissão. O amor é igualdade na diferença. Amo os artistas não porque quero ser artista. Algum artista deve amar a psicanálise não porque quer ser psicanalista. Amo um cantor pelo seu canto – mesmo porque nem voz para cantar eu tenho. Podemos amar alguém sem querer apropriar dele. O amor é mais uma admiração. Não é uma presença imprescindível. É uma presença que faz bem. É uma contemplação com distanciamento. O amor é dois ou mais com cada um dando conta de si em todos os sentidos. O amor é uma troca de autonomias. O amor é o encontro de dois ou mais como um modo de compartilhar como cada um dá conta de si.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s