DEVEMOS – EM PRIMEIRO LUGAR – AMAR A NÓS MESMOS…

Devemos – em primeiro lugar – amar a nós mesmos. É mais que certo que faremos felizes quem está ao nosso entorno, na medida em que colocarmos, em primeiro plano, o que temos de melhor em nós mesmos.

Amar o que tenho de mais belo, só pode fazer bem. Neste sentido, os narcisistas fazem muito bem ao mundo.

Definitivamente, não podemos condenar aqueles que prezam por suas belezas. Só pode ser por inveja quem os critica. Triste é quem vive só para realizar as fantasias masoquistas de si.

Não podemos é desejar o mal. Não pode ser danoso querer o bem de si. Só quero estar quando for por prazer. Só quero falar quando me der prazer. Só quero vestir quando me fizer bem. Só quero comer o que gosto. O que isto pode ter de ruim?

Como pode não fazer bem para o outro quando me faz muito bem? Temos é que impedir as pessoas de se odiarem.

O amor próprio deveria ser mais incentivado. Tudo começa por mim. Tudo começa pela energia boa que exalo.

Não tem como eu não vir em primeiro lugar. Não posso me trocar por ninguém: eu deixaria de existir. Aliás, eu passaria a existir apenas para alimentar o narcisismo alheio.

Entre ser o meu ou o amor do outro, prefiro ser o meu amor. Garanto que ele ficará orgulhoso de mim por eu amar o que tenho de melhor de mim. Espero que ele siga o meu exemplo e se ame assim também.

O narcisista seria problemático quando não compartilha o amor de si para o amor do outro. Ou quando não procura o amor do outro para ampliar – ainda mais – o amor por si. Não seria delicioso se todos vivessem trocando apenas o que têm de mais gostoso em si?

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s