OLHAR NÃO ARRANCA PEDAÇO…

Somos o que temos e o que gostaríamos de ter. É impressionante como nossos olhos crescem para as coisas que não temos. É impressionante o tempo que perdemos tentando pensar um jeito de ter o que não podemos. Estamos sempre olhando para o que não temos. Estamos quase o tempo todo pensando no que não temos. O olhar e o pensar são janelas para os desejos recalcados. Como olhar sem sofrer por não ter? Como pensar sem sofrer por não ter? Podemos olhar – mesmo porque não arranca pedaço. Podemos pensar, fantasiar, delirar e alucinar o que quisermos. O problema é que não contentamos só em olhar: queremos também ter. Não queremos só pensar: queremos pegar. A angústia é a distância entre o ver e o desejo de ter e o pensar e a vontade de pegar. É essa distância que é torturante. É esse vácuo que enlouquece. A pessoa me tesa. No entanto, não posso tocar, abraçar, beijar e transar com ela. Precisaria de seu consentimento para encurtar essa distância. E quando levamos um fora? O que fazer com essa distância? O que fazer com o meu desejo vazio? Eis a questão: o que fazer quando queremos e não podemos? Quase sempre não podemos o que mais queremos. Se não posso ter, ao menos posso ver. Se não posso ter, ao menos posso pensar. Na eminência de não ter, ainda não me é crime olhar e pensar. Ninguém sabe o que se passa em nossa intimidade. Ainda podemos comer com os olhos. O ideal seria se pudéssemos olhar, pensar e levar. Infelizmente, levar não depende só da gente. No entanto, não dependemos de ninguém para olhar e pensar. Já que não podemos ter, então só nos resta sonhar, fantasiar e delirar. Já que não podemos ter, então só nos resta exercitar nosso voyeurismo.

Evarisyo Magslhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s