QUANDO ALGUÉM TE DECLARA UM AMOR, NÃO ACREDITE.

Se alguém te declarar amor, não acredite. O amor não é uma coisa. O amor não é sólido. O amor é um sentimento que apenas cerze o que nos falta. Há o que nenhum amor completa.

Ao amarmos, caímos em um fosso. O máximo que podemos é passar uma costura sobre este rasgo.

Amar é cozer um furo. O furo – mesmo – ficará para sempre. Quanto a ele, nada sabemos. O ato de amar é uma tentativa de fazer algo nesse fosso. No entanto, o que quer que façamos, ele jamais sairá de lá.

Que furo é esse que o amor tenta cingir? O furo da ausência de garantias. Nosso amor pode encontrar um amor maior que o nosso. Pode descobrir que não somos mais o amor de sua vida. Pode ter outros amores diferentes – e além do nosso. Pode partir para sempre – e a qualquer momento.

O amor não é uma ciência. Não é um constante. É por isso que o amor não existe para ser pensado. Só existe para ser fantasiado.

Só posso viver o meu amor aqui e agora. Não posso afirmar que ele retornará. Só posso crer que ele virá. Saber disso me fez amar melhor. Sempre sonhei com um amor eterno. Daí, deixei de amar o amor que eu tinha para amar um amor que eu gostaria. Vivia um amor de amanhã – exatamente porque eu queria fazer do meu amor algo sólido. Eu tinha pânico de pensar que esse meu amor pudesse deixar de ser meu algum dia.

Nunca aceitei o amor com algo que apenas cerze uma falta. Não dei conta dos buraquinhos que a costura deixa para trás. Queria o outro o tempo todo para mim. Virei um controlador sufocante – e insuportável.

Precisava ver para crer. Não acreditava no que o outro dizia. Adoeci. Quase enlouqueci. O outro não suportou. Foi embora. Fiquei só com o meu furo – porque entre um amor que cerze e um amor eterno, optei pelo segundo e acabei ficando sem nenhum.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s