NUNCA NAMORAMOS QUANDO É SÓ PARA NAMORAR …

Não dormimos, porque nunca estamos só para dormir na hora do nosso sono. Nunca estamos só para comer quando sentamos à mesa: comemos porque estamos infelizes com o nosso corpo. Nunca namoramos quando é só para namorar: namoramos e brigamos porque nunca estamos felizes com o amor que conquistamos. Não é uma virtude estar em vários lugares ao mesmo tempo. Nossa mente tem o incrível poder de desfazer do que temos em detrimento do que não temos. Nossa mente tem o incrível poder de nos tirar de onde estamos  e de nos levar para onde não estamos. Nossa mente não quer que vivamos de fato. Sofremos porque queremos trazer esses lugares para o aqui e o agora. Parecemos criancinhas pidonas. É como se acreditássemos em milagre. Trocamos o presente pelo pensar no que não é aqui e agora. Por isso, vivemos o tempo todo infelizes. Por isso, fazemos tudo errado. Quanto mais queremos o que não temos, mais tristes ficamos com o que temos. Por que para querermos uma coisa – necessariamente – temos que desfazer de outra? O problema é que nunca estamos alegres. Nossa mente tem o poder absurdo de nos ludibriar o tempo todo. Parece que o que queremos é como o horizonte, quanto mais perto dele chegamos, mais distante ele fica de nós. Nunca estamos só para dormir na hora de dormir. Parece que sempre estamos para nos punir quando sentamos à mesa para comer. Nunca só transamos quando é só para transar: por isso brochamos. Somos arrogantes e tristes. Queremos tudo sempre no lugar de um nada. Nunca contentamos com o que é. Nossa alegria nunca está aqui. Confundimos tudo. Achamos o máximo sonhar. Adoramos criar expectativas. Porém, quase nunca estamos cientes da tragédia em que baseamos nossos sonhos. Já acordamos longe do nosso quarto. Nunca estamos no lugar em que estamos pisando. Nunca estamos com as coisas e as pessoas que estão à nossa volta. Parece que nos odiamos o tempo todo. Alguém criou em nós essa nossa mania de depreciarmos tudo o que temos e somos. Não seria para vender ainda mais Rivotril? A vida é simples. A felicidade é humildade. A beleza de viver está em não mais perder o tempo de viver.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s