NADA DE FORA PODE SABER DE MIM ..

Equivocamos na condução das nossas angústias: saímos por aí pedindo conselhos, lemos esses livrecos idiotas de auto-ajuda ou nos entupimos de medicamentos. A tendência é ficarmos ainda mais angustiados. Essas, não são as melhores alternativas. Aliás, é exatamente porque seguimos esse caminho, é que adoecemos. A saída não vem de fora. Nenhum conselho livra-nos da depressão. Um conselho remete a infinitos conselhos. Não existe um conselho definitivo. A saída não é pela palavra. Não somos as palavras. As palavras angústia-nos ainda mais. Temos que fazer o caminho inverso. Temos que nos limpar dessa barulheira toda, dessas falas vazias e dessas imagens efêmeras. Para de fato existirmos, temos que abrir um clarão na escuridão desse blá blá blá sem quê nem porquê. Nada de fora pode saber de mim. Quem sou, não pode ser nomeado por ninguém e muito menos curado por qualquer medicação. Os objetos alegram-me apenas momentaneamente. Para saber quem sou – primeiro – tenho que me limpar dessa parafernália toda. Tenho que abrir um vácuo nesse barulho excessivo de discursos, imagens e coisas sufocantes. Jamais serei eu buscando fora de mim quem sou. Se conselhos e remédios fossem eficazes, ninguém no mundo estaria depressivo. Essa alegria que a mídia propaga, não é a minha. Só saberei qual é a minha felicidade me colocando estrangeiro disso tudo. Saberei quem sou depois que eu conseguir me purificar de tudo isso. Como não é possível me livrar de tudo, tenho que ir abrindo buracos nesse breu de ilusões. Só assim poderei viver de algum modo quem sou. Não sou o barulho. Não sou o que o mundo me mostra. Não sou o que o mundo me faz engolir. Sou – exatamente – depois que tudo isso cessa de existir. Sou o que invento para mim no meu silêncio do mundo.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s