PRECISO DIMINUIR OS PESOS QUE CARREGO EM MIM …

Preciso começar a tirar de mim os pesos que venho carregando há décadas. Preciso reduzir minhas angústias. Preciso diminuir minhas ansiedades.

O que me angústia? Tudo o que carrego sem me pertencer: as ilusões que acreditei e tudo o que tomei como sendo inverdades.

O que me estressa? Tudo o que não sou e que insisto em ter como sendo eu. Tudo o que não é meu e que insisto em querer que seja.

O que foge do meu poder é o que me deprime. Tenho que me livrar de tudo o que me tira de mim.

Sofro quando quero o impossível. Sofro quando quero prever. Agonizo quando saio do mundo em que estou.

Dói delirar sobre o que pode acontecer. Dói alucinar. Preciso calar minhas ficções. Preciso parar de brincar de adivinho.

Preciso quietar minha mente. Preciso manter minha espinha ereta. Preciso parar de inventar coisas que alteram a minha respiração.

Preciso deitar e dormir em paz. Tenho que deixar meu coração bater em seu ritmo normal. Preciso esfregar menos as mãos e parar de tremer as pernas. Preciso dar à César o que é de César.

Não posso me desfocar de mim. Devo me voltar para tudo o que sou e que me tentaram tirar a vida toda. Não posso tornar meu mental uma tortura do que não sou e do que não tenho. Tenho que religar meu emocional com meu agora.

Devo me sentir mais. Sou o que sinto. Sou o que pulsa em mim. Minha verdade sou eu e o que tenho sob meu poder. Preciso ser mais literal comigo. Preciso ser mais litoral do mundo.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s