A FELICIDADE É TOLA …

Não sabemos viver o que temos e quem somos. Estamos o tempo todo misturando o que temos com o que não temos e o que somos com o que não somos. Na verdade, nunca temos e nunca seremos como gostaríamos. Quase nunca dormimos como devíamos, porque misturamos nosso sono com o que poderá acontecer. Nunca estamos no aqui. Estamos sempre aqui e lá. Tudo isso porque mais pensamos que vivemos. Dificilmente saboreamos bem um bom prato: estamos o tempo todo preocupados se vai fazer mal. Estamos passeando preocupados com a viagem do ano seguinte. Inteligente é quem não pensa. A felicidade é débil. A felicidade é literal. O pensamento preocupa. Inteligente é quem vive. Não sou o que terei. Sou o que tenho. Não devo me privar do prazer de agora. Não posso ser tudo. Nunca serei tudo. Não sou o mundo. Sou o meu agora. Sou o meu corpo e o que posso usufruir. O que sou não é grande e nem pequeno. O que sou não é melhor nem pior. Apenas sou – sem antes e nem depois. O que serei devo deixar acontecer. Se acontecer, devo viver tudo sem fazer nenhum julgamento moral. Apenas viver como um tolo feliz …

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s