QUEM SOU EU?

Temos que construir algo de nós mesmos. Temos que gozar da vida com mediadores criados por nós mesmos. Não como os esquizofrênicos fazem. Não devemos construir quem somos pelo que vem de fora. Não devemos levar em conta o que a cultura diz de nós mesmos. A cultura fala de uma mentirosa felicidade. Não existe esse amor romântico. O que queremos ser não deve advir de um imposto. Cada um precisa descobrir a si a partir do que tem de mais singular. Cada um precisa tomar sua personalidade de sua própria biologia. O corpo sofre quando fala. Não temos que fazer sofrer esse corpo que fala. Temos que fazer viver esse corpo cujo a fala tenta encobrir. Preciso fazer parir da minha própria carne o meu modo de amar e de ser feliz. Não devo maltratar quem sou com conceitos alheios ao que tenho de mais essencial. Quando ignoro o que sinto, corro o risco de extravasar meus impulsos de forma cega. A sociedade de consumo vem pasteurizando nossos corpos e impedindo-nos de expressar como somos. A violência banal não deixa de ser uma reação à essa escravização. Ninguém acredita mais na felicidade dos velhos conceitos. Sempre termina em ansiedade um sistema que se coloca como completo para seus consumidores. O corpo não é só consumo. O corpo é o infinito. Fazer do corpo um acontecimento, é tomar a vida uma fonte inesgotável de descobertas. Não devo seguir teorias. Devo fazer brotar de mim o que quero viver. Devo fazer o sentido da minha vida emergir da minha corrente sanguínea. Preciso ouvir menos o mundo e ouvir mais minhas pulsações. Isso – sim – sou eu. Não devo apenas ouvir: devo fazer do meu corpo o meu guia de vida. Isso não deixa de ser um sintoma. Contudo, ao menos estarei sendo um sintoma de mim mesmo.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s