NÃO PODEMOS TUDO …

Sempre tivemos problemas com certas questões. Por isso acreditamos que podemos fugir do que somos de pior forjando um bem viver com futilidades. Hoje, estamos pouco interessados em formular perguntas que, em que algum momento, teremos que nos haver com elas. O capitalismo e a ciência vivem nos engabelando com seus consumos e seus remedinhos de ilusões de felicidade fácil. Ocorre que há o outro lado que negamos – e que está em nós e que o ignoramos. A questão é quando esse lado perde sua condição de fantasma e se apresenta – para nós – em carne viva. A ciência não dá conta dele. Ninguém nunca voltou para confirmar o contrário dele. Em tudo há um furo. Não somos completos. A angústia é inevitável? Sim. Isso é bom? Em parte, sim. Serve para reavaliarmos as ferramentas que construímos para lidar com o nosso pior. Quando o que somos de mórbido vem à tona, é hora de pensarmos nossa clareza e nossa segurança sobre o que acreditávamos como sendo um avanço para o mundo. Quanto ao campo social, é sempre possível recomeçar. Quanto ao campo subjetivo, não há muito o que fazer. Perdemos a nós mesmos a cada minuto que passa. No campo social até podemos garantir alguma estabilidade. No campo pessoal esse osso é para a vida toda. Nosso trabalho é de triturá-lo e tentar escrever nele algum sentido – mesmo sabendo que não cabe ali quase nenhum sentido. A coisa se complexifica quando, para além das nossas questões pessoais, ainda temos que elaborar nossas perdas no campo social. É assim a vida. Quando achamos que estamos indo – na verdade – estamos voltando à estaca zero. Não sabemos tudo. Não podemos tudo. Temos que dar conta disso que falha em nós.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s