NÃO BASTA SE ASSUMIR GAY …

Quem dera se a solução fosse só sair do armário?! Muitos pensam que os enrustidos seriam felizes se apenas tivessem coragem de se assumirem gays. Doce ilusão! É óbvio que é importante tomar para si alguma identidade. Contudo, a vida não se reduz a ser ou não gay. Não há uma fórmula para o que vem depois da decisão de ser isso ou aquilo. Isso vale tanto para o hetero como para o homo. O problema é o sexual que acompanha essas nomenclaturas. É impossível tornar igual para todos que apenas admitir para si o próprio desejo seria a condição fundamental para a realização sexual. Não dá para generalizar o que vem depois da decisão acerca da orientação sexual. Os gays se deparam com as mesmas questões dos outros casais no momento de se fazerem casais. Os animais sabem como se acasalar graças ao seu instinto. Falta esse saber para os humanos feitos de carne e palavra. Da mesma forma a cama não pode ser elevada à dignidade de um acontecimento que definiria o homem ou a mulher. O enigma persiste para cada um. Todo hetero e todo homo deve inventar a sua maneira de fazer par. Isto é de cada um independente de qualquer orientação sexual.

EVARISTO MAGALHÃES – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s