O QUE FAZER QUANDO NÃO HÁ MUITO O QUE FAZER?

O que fazer quando não há muito o que fazer? Como desatar esse nó? Como se a ver com esse embaraço? Não adianta fazer de conta. Não existe o tão desejado paraíso. Estar vivendo é estar morrendo. Enquanto estamos ganhando estamos também perdendo. Não existe história de sucesso. Ninguém supera nada. A vida não é um antes e um depois. A felicidade nunca será plena. O futuro é o presente. O amanhã jamais será diferente do ontem ou do hoje. Estamos morrendo desde que nascemos. Esta é a nossa história. Não adianta inventar outra. Se queremos de fato a felicidade temos que roer o osso desta verdade da vida e usufruir do prazer que for possível extrair dela. Não acredite em contos de fadas. Não eleve sua beleza sobre nenhuma outra. Não leve muito a sério o dinheiro. Nada na vida é extraordinário. Nada na vida é maravilhoso. A vida nunca será bela. A não ser que vivamos iludidos. Nenhuma ilusão dura muito tempo. A vida é um nó. Todo viver tem um laço com o morrer. Nenhuma alegria de viver pode existir fora dessa amarragem. Qual laço você está fazendo com a sua morte? Um laço de queixa? Um laço de mágoa? Um laço de revolta? Um laço de ilusão? É possível outros laços? Qual é o seu laço?

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s