NINGUÉM É EQUILIBRADO …

A sanidade é sempre uma arrogância. Bem como toda a pretensão de adaptar o ser humano à realidade. É completamente sem propósito a ideia de equilíbrio psicológico. A verdade é sempre incompleta – o que não significa que não se pode nada dizer dela. Algo pode e deve ser dito. Nesse caso, a melhor sanidade é aceitar as contradições sem descartar o que a vida tem de mais obscuro. Sem dispensar a loucura, podemos dela nos servir para dizer da alucinação do homem que acredita na mulher perfeita. Podemos dela nos servir para dizer o quanto é delirante certas formas de amar. Podemos dela nos servir para dizer do macho inocente que se defende de sua feminilidade difamando mulheres. Podemos dela nos servir para dizer que quem procura estabelecer uma fronteira definitiva com os loucos – no fundo – está é tentando se proteger da loucura que também lhe concerne.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s