POR QUE SOFREMOS QUANDO PERDEMOS UM GRANDE AMOR?

Nas relações humanas as soluções nunca são matemáticas. Nas ciências exatas é possível atingir o resultado esperado. É possível escolher sem sofrer. As ciências exatas lidam com coisas e não com pessoas e afetos. Não é possível deixar de amar com exatidão. O amor nunca é apenas entre dois. Perdemos uma pessoa. Contudo, não deixamos de amar a história que tivemos com ela. Não deixamos de amar os bons momentos que vivemos. Não deixamos de amar as outras pessoas que compunham o nosso amor. Não deixamos de amar as coisas que adquirimos juntos. Em um laboratório, o cientista repete o experimento até que ele lhe dê a resposta esperada. Quando se tem afeto envolvido – não adianta respetir para si mesmo o desejo de esquecer. Por isso, sofremos quando o amor acaba: há outros sentimentos presentes. A memória afetiva não funciona por comandos. Há outros vínculos inesquecíveis para além do outro que se foi. Nunca nos envolvemos apenas com aqueles que amamos. Amamos uma pessoa e outras vão sendo agregadas a este amor. Podemos deixar de amar uma pessoa. Isto não significa que deixamos de amar os outros afetos que ficaram para além dela. O outro vem com um kit completo. Além disso, houve um fato desagradável determinante do rompimento. E os outros fatos não tão desagradáveis? É exatamente por isso que as pessoas reatam – mesmo quando o motivo do rompimento parece imperdoável. Nenhum relacionamento se reduz a um motivo. Um motivo não cria histórias de amor. Uma pessoa nunca é apenas isso ou apenas aquilo. Nada é tudo nas relações humanas. Não foi o amor que acabou. Foi apenas uma parte do amor que se foi. Sofremos porque nada é como gostaríamos que fosse. Não podemos perder com exatidão. Perdemos uma parte – quando não queríamos perder tudo. Nunca perdemos apenas um grande amor. Outros bons amores vão com o amor que se foi. É o preço que se paga por amar. O amor tem dessas coisas que só o tempo pode resolver – se é que resolve.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Um comentário sobre “POR QUE SOFREMOS QUANDO PERDEMOS UM GRANDE AMOR?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s