POR QUE PRECISAMOS TANTO DE SORTE?

“É preciso muita sorte para se dar bem”. “É preciso estar no lugar certo e na hora certa”. O mercado adora este tipo de fala.

Por que dizem que precisamos contar com a sorte? Nesse mundo competitivo, não é de sorte – e sim de esperteza – que precisamos. Precisamos chegar primeiro que todos. Isso não é sorte. É briga. Por que é assim? Propagam o discurso da sorte porque não se pode mais contar com ninguém.

O sistema é individualista e desigual. O sistema cria demandas artificiais, mente,  manipula e seduz. O sistema quer a sangria das pessoas e da natureza.

A regra é passar à frente. A regra é cada um tentando não ser engolido e usando todas as armas possíveis para chegar primeiro.

Dizem que sobreviver não é uma questão de direito, mas de sorte. Não é verdade.

Tem sempre alguém de olho no seu sucesso. O sistema é paranóico, gera tensão, incita à compulsão, detona com o lúdico e aposta na superfície.

O sistema não cria: faz pequenas modificações. O conceito de boa ideia significa apenas ganhar muito dinheiro.

O sistema massifica, pasteuriza, ameaça, não descansa e faz apologia ao pânico.

O mercado é agressivo, usa de violência travestida de falsa cordialidade e utiliza a destrutividade como metodologia  de ação.

É a guerra de todos contra todos. O sistema esconde muita agressividade nos discursos de competência e sorte,  cria monstros assépticos, é simpaticamente hipócrita e inteligentemente  falso.

A cada reunião uma nova meta a ser atingida. Você tem ideia do grau de sofrimento mental das pessoas que estão nessa guerra mercadológica?

Não há limites. É questão de vida ou morte. A guerra não se dá apenas entre tabelas e gráficos. Nosso estado natureza está todo camufladinho nos dispositivos tecnológicos de gestão.

O sistema não é feito de sortudos e, sim, de canalhas polidos!

Evaristo Magalhães – Psicnalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s