Por que preocupamos tanto com a vida dos outros?

Podemos pensar pelos outros? Não. Podemos ouvir as pessoas? Sim. Devemos ter paciência? Sempre. Não devemos preocupar com vida alheia. Por que preocupamos? Para não pensar em nossas próprias vidas. Quem perde tempo cuidando da vida do outro está é alimentando uma infelicidade em si e no outro que só se dissipará quando desistir de cuidar. Não perca tempo fuxicando a vida do próximo. É inócuo. Não impeça que o outro pense sobre si. Todo mundo – por pior que seja – precisa ficar só para refletir sobre suas mazelas. Não delineie nada para ninguém. Não sufoque as verdades do outro. Não seja pretensioso. Não seja arrogante. Não abstenha o outro de entrar em conexão consigo. As pessoas mudam? Sim. Com a condição de que possam ficar livres para viver a mais radical experiência de encontro consigo mesmas. Aproveite o tempo que você está preocupado com a vida alheia para pensar em seu próprio viver. Pessoas doentes ou portadoras de alguma necessidade grave é que necessitam de cuidados especiais. Os problemas psicológicos dizem respeito a cada um e na sua mais absoluta solidão. Apenas fique por perto – se puder. É tarefa de cada um executar esse confronto com suas próprias  verdades. Podemos pensar sobre a natureza? Sim, ela é previsível. Nunca podemos pensar pelos outros. Esta tarefa é individual. Quanto mais pensarmos pelo outro mais retardaremos nele e em nós mesmos a possibilidade desde exercício que é completamente individual. Não fuja de si no outro. Quem se preocupa com a vida alheia é tão ou mais problemático que a pessoa que aquele julgado como sendo. Não projete sua infelicidade na infelicidade alheia. Em tese – somos todos infelizes. A felicidade é uma construção cotidiana e individual. Cada um vai construindo a sua se arranjando com o que a vida tem de mais infeliz. Isto é absolutamente único para cada um.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s