Por que as pessoas não querem mais estabelecer vínculo entre si?

Vínculo é escolha. Toda escolha tem um preço. Narciso acha feio o que não é espelho. Esse é o preço. Estamos bem menos tolerantes quando somos contrariados. Vínculo supõe uma certa preparação para os altos e baixos da relação. As pessoas não estão traindo pelo simples desejo de diversificar os parceiros. As pessoas não estão dando conta de sustentar as diferenças. Estão traindo por incapacidade de sustentar o vínculo. Traem por insatisfação. Infelizes sempre estaremos – em alguma medida. Buscam um outro zero de contrariedade. Traem porque não sabem o que fazer com a diferença. Traem porque estão depressivas de si. Buscam relações fluidas. Não estão dando conta de reconfigurar a diferença do outro. Querem alguém que as reflitam em seus desejos. Não toleram uma gordurinha a mais. Não suportam cobranças. Talvez isto explique o desaparecimento do amor e o surgimento do fenômeno ficante. Talvez isto explique tantos amantes com traços sociopáticos e psicóticos. O amor está virando um campo de batalha. O amor desafectou. Não há liga de espírito. Não há química emocional. A lei Maria da Penha não deixa de ser uma tentativa de penalizar esse amor desumanizado. As pessoas querem se relacionar estando cada uma em seu quadrado. Dizem que crescemos na diferença. Concordo. Ocorre que os amantes não querem se a ver com a falta. Qual o futuro do amor? Vínculos cada vez mais líquidos? Relações cada vez mais frouxas? Amor sem convivência? Encontros zumbis?

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Um comentário sobre “Por que as pessoas não querem mais estabelecer vínculo entre si?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s