Sobre a BUNDA …

Em uma eleição – seguramente – a bunda teria todas as qualidades para ser eleita a parte mais bonita do corpo. A bunda ostenta e projeta. É circular, arrojada, firme e simétrica. É bonita de frente, de lado, de cima, de baixo, deitada, de pé, de cócoras e de quatro. Tem curvas. É lisa e fofa. A bunda abre e fecha, equilibra, empina, dança, rebola, requebra, treme, sobe, desce, agacha, levanta. A bunda se joga. A bunda desafia a gravidade. A bunda exala erotismo. É uma delícia deslizar a ponta dos dedos sobre uma nádega. Como é bom beijar um bum bum?! É gostoso dar uma mordidinha de leve. É excitante beliscar delicadamente. É gostoso o efeito de um tapinha. Você já reparou os póros de uma bunda? Você já viu uma bunda arrepiada? Você já fez uma bunda de travesseiro? A bunda é forte e resistente. A bunda tem gosto próprio. Pode ser vista de diferentes ângulos. A bunda guarda o melhor do sexo. Quase não vemos nossa bunda. Por isso, nunca ficamos de costas para qualquer um. Quando ficamos, damos a bunda – literalmente.  Não controlamos nossa bunda. Difícil saber o que pensam da nossa bunda. A bunda é a parte mais gratuita do nosso corpo. É – sem dúvida – a mais generosa. Viva a beleza e o desprendimento da bunda! Viva a bondade da bunda. Viva a bunda!

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s