STRESS e SURTO …

Trabalhamos sempre com a ideia de grupo. Dificilmente levamos em conta cada pessoa em particular. As decisões vêm para o grupo. Contudo, cada indivíduo é único. Este é o problema de tratar as pessoas como um experimento em laboratório, onde basta repetir a dosagem algumas vezes e o resultado será sempre o mesmo. Nos grupos, cada um reage de um modo. A pressão para que todos tenham o mesmo desempenho, pode gerar desgaste emocional em alguns. Por desgaste emocional podemos entender o stress, a depressão ou a síndrome do pânico. Quando a fragililidade psicológica atinge níveis intoleráveis, a pessoa fica completamente vulnerável à agressividade contra o outro e contra si mesma. Temos assim todas as condições para o surto ou o suicídio. Precisamos nos ocupar menos com as cifras e mais com as pessoas. A busca frenética pela produtividade vem mascarando o desequilíbrio psíquico dos indivíduos. Nossa sociedade precisa se convencer que a qualidade de vida das pessoas é mais importante que as metas a serem batidas. Caso contrário, teremos que nos preparar para aumentar nosso estoque de medicamentos psiquiátricos ou para chorar nossos mortos – como no acidente aéreo em que o copiloto surtou matando 149 pessoas.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s