Precisamos RIR mais URGENTEMENTE …

Tenho dado muitas gargalhadas. Acho que não estou muito bem. Lembrei de uma canção do Frejat que diz que rir de tudo é desespero. Acho que estou completamente desesperado.

A questão é que a patetice desse desgoverno só tem me dado duas opções: rir ou chorar. Prefiro rir.

No fundo, estou é tentando dizer o que penso quando rio – tanto que meu riso só acontece quando termina o que entendo por bom senso e começa as loucuras destas pessoas.

Rio do que não acredito que esteja acontecendo. Nunca o Brasil me fez rir tanto. Rio de nós e de mim. Rio dos tantos absurdos diários.

Lacan diz que o cômico é essencialmente triste, essencialmente desolador – na medida em que nos revela a verdade patética do que vem a ser a verdade em sua total impotência, quando se perde a crença que a erigia como valor.

Penso que o bom senso deveria prevalecer. Não está prevalecendo. Faço graça da eminência da desgraça. Rio quando querem me fazer acreditar na desfaçatez. Rio quando subestimam a minha inteligência.

Este desgoverno deveria acabar se dando conta do quanto está sendo ridículo. A burrice e o cinismo andam à solta.

Vivo rindo de tudo para ver se mantenho – minimamente – alguma sanidade mental. Pareço um doido varrido. Rir me estabiliza. Gargalho da cara de pau desse ministério nunca antes visto na história desse país.

O Brasil nunca esteve tão engraçado. Rio desses gestores pirados que estão por aí. Tripudio de suas bandeiras. Morro de rir quando me coloco no lugar daqueles que elegeram este desgoverno. Rio da minha própria vergonha de ser brasileiro neste momento.

Penso que só podem  estar gozando da nossa cara. Não é possível tudo o que estou vendo. Dói meus ouvidos certas falas. Fico completamente paralisado e sem entender certas atitudes.

Nunca achei tudo tão esquisito. Perdemos nossos propósitos mais nobres.

Acho que estou tentando expressar meu desespero quando gargalho. Neste sentido, penso que dar uma gargalhada é a melhor forma de expressar o que estou sentindo neste momento.

Está muito difícil crer em qualquer coisa. A política escangalhou. A inteligência foi pelo ralo. Deram descarga na sensibilidade.

Acho que filosofo quando rio. Não sou afeito à depressão. Devo continuar rindo ainda por muito tempo. Motivos não me faltam.

A patetice está à solta. Rio porque o Brasil perdeu totalmente a noção. Rio porque não consigo acreditar que o que estou vendo possa ser verdade. Só faço rir. O Brasil virou a maior piada pronta de toda a sua história.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

2 comentários sobre “Precisamos RIR mais URGENTEMENTE …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s