Sobre DOR de AMOR…

Como se livrar da dor de uma frustração amorosa?

Sofrimento é sintoma de vitimização.

Sentir a perda é sinal de que ainda há amor.

Amor com dor.

A dor escancara uma relação que não se preparou para a perda.

Quando o amor deixa a realidade de lado, a dor aparece como meio de sustentação.

Sofrer vira prova de amor.

Doi para trazer de volta o amor.

A dor aumenta na medida em que o amor não vem.

Dizem que dor traz de volta o amor.

Doem para amar.

Morrem para amar.

Raros são os amores sem dores.

Chegam a dizer que dor tempera o amor.

Dores de amores.

Amor com escândalos.

Amor com agressões.

É a dor que dá vida ao amor.

Guarda a dor para amar.

Oscila entre o amor com dor e sem dor.

Outros amam e sofrem todo o tempo.

O que fazer com a dor?

Freud aponta um caminho: elabore-a.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Um comentário sobre “Sobre DOR de AMOR…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s