GENEROSIDADE …

Estar no lugar do outro é o nosso maior desafio. Se o superássemos, o mundo seria outro.

Imagina todo mundo se colocando no lugar de todo mundo?

O ideal seria perguntar o que é melhor para o outro e nunca perguntar o que é melhor para mim. É este MIM o grande problema.

Só consigo saber sobre a justiça quando me pergunto se me seria justo estando eu no lugar do outro. Isto é a GENEROSIDADE.

É muito difícil deixar o ego de lado.

Imagina se os europeus tivessem se colocado no lugar dos indígenas e africanos? Imagina se os corruptos se colocassem no lugar dos excluídos? Pense nos heterossexuais trocando de lugar com os homossexuais? O mundo seria outro se os machistas conseguissem – sequer – imaginar porque passam suas mães, esposas e filhas. E se os brancos fossem viver na pele dos negros? E se os ricos resolvessem viver como os pobres?

Seria um sonho uma sociedade onde cada um fosse capaz de ignorar o lugar que lhe é reservado. Seria um sonho uma sociedade onde cada um pusesse entre parênteses suas diferenças individuais. Viveríamos uma grande reunião de iguais sem ego. Ou seja, viveríamos com cada um ignorando sua posição de classe, de inteligência, de gênero, de força e de traços de personalidade.

O EU é sempre injusto e não podemos pensar a justiça a não ser colocando o EU fora do jogo ou das condições de governar o julgamento.

Trata-se de cada um contar por um. Trata-se de cada um se colocar no lugar do outro e procurar seus interesses nos interesses dele. Interesse ao mesmo tempo mútuo e individualmente desinteressado.

Sei que isso é quase impossível. Contudo, fora isso, só a barbarie.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s