Sobre a VONTADE de DEUS…

Ouvi um rapaz contando que o pastor de sua igreja o aconselhou a separar de sua esposa porque era da vontade de Deus. Foi Deus quem lhe mostrou – em tempo – quem ela era. Atribuir seus fracassos pessoais à vontade de Deus é não se responsabilizar por suas escolhas e atitudes. É cômodo depositar tudo nas mãos do Criador. As histéricas de Freud viviam atribuindo seus males à terceiros. O pai era o grande criminoso. Não era possível  tantos país perversos. Freud – então – deduziu que não houve crime. Suas histéricas enlouqueciam porque possuiam fantasias incestuosas com seus pais. Freud provocou uma torção na causalidade do sofrimento neurótico. Ele trocou um evento externo por uma fantasia  inconsciente e masoquista. Parece que a esposa do nosso crente não correspondeu aos seus anseios. Parece que ele equivocou-se em sua escolha. Ledo engano! Ela é seu gozo masoquista. Ele tem responsabilidade no término de seu casamento. Ele gosta de sofrer no amor. Pena que não teremos notícias de seus próximos relacionamentos. Temos uma tendência a repetir determinados padrões amorosos. Esse rapaz deveria ter a oportunidade de escutar sua história. Talvez ele não se visse tão vítima. Talvez se desse conta de sua parcela de contribuição no fim de seu casamento. Ao tomar consciência de seu sintoma conjugal, talvez pudesse se implicar nele e deixar de culpar a Deus por seus fracassos afetivos. Deus deve ter coisa mais interessante para fazer do que ficar sendo usado para camuflar os recalques  aqui da terra.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s