Sobre os LOUCOS…

Você também está com a sensação de que as pessoas estão meio enlouquecidas? Os políticos estão completamente insânos. As famílias estão desorientadas. Os casais perdendo a razão. Os motoristas não sabem o que fazer no trânsito. Os professores não sabem o que fazer com os alunos. Os adolescentes se contaminando com HIV. Notícias de suicídio na infância. Notícias de facismo. Não estaria o mundo meio louco? Até bem pouco tempo temíamos a lei. As instituições nos submetiam. A globalização desfez nossos nortes e creditou tudo a cada um. Entendeu que o indivíduo sozinho seria capaz de se dar as próprias normas. Não foi o que aconteceu. Sem referências mínimas, as pessoas estão completamente perdidas. O mundo esquizofrenizou. Pessoas ditas normais vêm apresentando atitudes antes atribuídas aos sociopatas. Parece que a perversão e a psicose adquiriram ares de normalidade. A ausência de referenciais norteadores vem dando margem para comportamentos antes tidos como psicopatológicos. Até bem pouco tempo existia padrões diante dos quais as pessoas se orientavam. As crises eram dirigidas. Agora surtar virou algo comum – quase generalizado e implacável. As pessoas estão passando do respeito com o outro ao seu apagamento em uma fração de segundos. Nosso problema – hoje – não são mais os loucos internados em hospitais psiquiátricos. Nosso problema são os contínuos surtos de pais, filhos, namorados, professores, alunos, empresários e funcionários. Nosso problema é o que fazer com os loucos que estão soltos por aí.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s