PARA QUE SERVE UM PAI?

A origem de um filho problemático pode está em um pai que se colocou – ou foi colocado – no terreno da impossibilidade. Não foi apenas um pai. Foi (o) pai: o mais forte, o mais temido, o mais belo e o mais viril. Ou seja, um mito, uma entidade, um pai perfeito, um arquétipo. Um pai assim não faz bem. Um pai desses vai exigir um esforço sobre-humano do filho para ser alguém. O filho é marcado pelo pai – uma vez que a imagem idealizada do genitor compõe o seu conteúdo mental. O filho buscará esse pai ideal em tudo. Um pai mítico tende a colocar seu filho no lugar do impossível: um filho fixado em certas ideias, revoltado com a vida provisória e buscando reconhecimento a qualquer custo. Sem outro referencial, ele entrará em uma tortura cotidiana. Nunca estará satisfeito – porque busca o pai ideal. Sofrerá quando não encontrar o pai no outro e a tormenta  recomeçará. Estará sempre em uma busca ansiosa e torturante pelo Grande Pai. Difícil saber se o pai foi realmente absoluto ou se foi o filho quem o idealizou desta maneira. O filho poderá enlouquecer – na medida em que o tempo for restringindo esse encontro com esse pai impossível.  O pai não pode fazer com que seu filho se apaixone – perdidamente – por ele. O problema é quando esta paixão satisfaz mais a vaidade paterna que a educação do filho. Muitos relacionamentos fracassam porque um dos parceiros não encontrou o Grande Pai esperado no outro. Para muitos solitários, não existe ninguém à altura do todo poderoso da mamãe. A saída é assassinar – psicologicamente – esse pai total e colocar em seu lugar um outro – mais condizente com a realidade. Poderá acontecer do filho – de tanto ser derrotado pelo mundo real – aceitar a vida como ela é e abandonar o velho pai dos seus sonhos. O pai é o nosso destino. Tudo vai depender da representação que criarmos dele. Um pai ausente é também catastrófico para o filho.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

2 comentários sobre “PARA QUE SERVE UM PAI?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s