Sobre NAMORAR…

No namoro sempre aja com verdade. Verdade é o que você sente. Sempre pergunte se está feliz.  Namorar é estar à vontade na presença de alguém. Repense a relação se você tiver que ficar escolhendo as palavras e se sentindo na obrigação de estar junto. Tente nunca se constranger. Atente-se para quando o outro sinalizar que não está gostando do jeito como você se comporta. Não faça concessões, se estiver seguro. Não faça nada que você possa vir a se arrepender. No namoro certos arranjos quase nunca dão certo. Em toda relação de proximidade, a verdade sempre vem à tona. Só os tolos vivem uma farsa amorosa. Não faça de conta que você não está percebendo a sua infelicidade. Seja corajoso e honesto consigo. Olhe-se e enfrente seus sentimentos. Qualquer um se sabe desonesto. A verdade das nossas emoções dizem respeito a nós mesmos e às quais nunca deveríamos fugir. Somos o que sentimos. Nossas emoções não suportam serem negadas. Podemos mentir sobre tudo e todos. Não podemos é mentir para nós mesmos. Não é possível distorcer o que sentimos. Nossa infelicidade denuncia-nos. Há quem carregue a dor da frustração a vida toda. Quantos masoquistas! Quantos covardes! O coração não tem razões que a própria razão desconhece. O coração tem medos, ignorâncias e arrogâncias. Só existe a verdade de cada um. Desta ninguém consegue se livrar. É a partir dela que que todo amor começa. Falta-nos coragem para colocá-la em prática.

Evaristo Magalhães – Psicanalista.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s