O PRAZER …

Deveríamos saber pressentir a dor. Também deveríamos dizer “não” ao sofrimento. Podemos começar a sofrer quando quisermos. Também podemos ter prazer com o que quisermos. Tudo pode ser prazer ou dor. O masoquismo é uma escolha. Carregamos uma caixa de ferramentas emocionais. Podemos sacar a ferramenta da dor ou a ferramenta do prazer. Daqui a um minuto podemos começar a sofrer se quisermos. Tudo dependerá da nossa capacidade de elaborar e conduzir as situações. Conheço uma centena de pessoas que gostam de sofrer. Podemos e devemos lutar – com alegria – contra toda dor. A dor corrói e adoece. Nunca combata a dor com dor. Nunca se iguale aos dolorosos. Por que interpretamos as situações como sendo dolorosas? A dor é uma escolha. Podemos ver de diferentes modos. Podemos estancar ou compactuar com o sofrimento. As cartas estão dadas. Qual o seu jogo?

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s