Sobre A FALTA DE SENTIDO NA VIDA…

Vida sem sentido é melancolia e depressão. A incapacidade de dar sentido ao viver gera vazio e morbidez. Estamos imersos em uma crise de sentido. O sentido é o que nos faz viver e acreditar. Estamos em um tempo de pessoas vivendo um dia de cada vez na esperança de que algo novo surja. Na atualidade, o sentido da existência passa pelo ter. Felicidade é sinônimo de uma boa conta bancária, uma imagem sempre jovem e estar bem equipado com os dispositivos tecnológicos. Em contrapartida, nunca se consumiu tantos medicamentos psiquiátricos. Triplicou o número de diagnósticos de doenças mentais. Estamos tentando resolver – a força – nossos problemas existenciais. Estamos perdendo a capacidade de amar e de trocar afetos. Não temos tempo de dar atenção e de olhar com calma. A dor  da solidão perdeu o acolhimento da presença amiga. A generosidade – que conforta o sofrimento e o desespero – cedeu lugar para antidepressivos e ansiolíticos. O outro que sofre – uma vez que isso não pode ser facilmente resolvido – virou um peso e um problema para quem cuida. Ter que estar bem é sinal que algo vai muito mal. Parece que a qualquer hora vamos presenciar um surto coletivo onde todos sairão atacando o que encontrar pela frente. Sentar junto, conversar, rir e chorar parece que perdeu um pouco o sentido. O próximo virou um estranho. Hoje é possível você se desconectar – com apenas um click – de uma conversa ou de quem é tido como problemático. O outro precisa estar sempre bonito, rico e bem resolvido, para ser aceito. Criamos um mundo fictício, falso e irreal. Há momentos na vida que somente o amor e a amizade  podem aliviar nossas dores. Deve ser desesperador – nos dias de solidão – ter que usar os artifícios do dinheiro e da beleza para forjar a presença alheia. O problema é quando todos estes artíficios não existirem mais.

Evaristo Magalhães – Psicanalista Clínico

Anúncios

3 comentários sobre “Sobre A FALTA DE SENTIDO NA VIDA…

  1. Gregório Abjaud disse:

    fantástico o texto!! hoje vivemos uma sociedade hipócrita onde o valor se encontra em ‘ter’ e não em ‘ser’ somos escravos da moda e da tecnologia esquecemos o verdadeiro sentido de se relacionar um com o outro; se um dia tivesse um apagão mundial o que ia acontecer é pessoas matando umas as outras, saqueando lojas e suicidando; é preciso parar refletir e retomar o verdadeiro sentido da vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s