O PSICANALISTA E AS PESSOAS QUE SOFREM POR AMOR…

Todo mundo já teve alguma depressão. Nunca seremos amados como gostaríamos. No entanto, ninguém duvida que o amor nos faz sentir mais seguros e confortados.

Quando amados, nossos medos, inseguranças e carências ganham mais leveza. É por isso que nos sentimos completamente desolados quando perdemos quem muito amamos.

Não obstante, faz parte da vida experienciar as adversidades. Nunca deveríamos pensar que alguém pode ser o antídoto para todos os nossos males. Quem ama assim, sofre por qualquer ameaça de perda. Perder o amor/muleta pode desencadear crises agudas de pânico ou depressões irreversíveis.

Nos consultórios de psicanálise, os desamparados de amor chegam angustiados e vítimizados por um suposto amor/traidor. Sofrem por que não foram correspondidos. O silêncio do psicanalista tem como objetivo trazer a responsabilidade da perda para o próprio perdedor. É quase natural a quem foi abandonado, colocar-se como vítima das mazelas da vida. Isto acontece porque fomos feitos fatosos de muitas respostas e temos poucas certezas.

O fato é que nossas angústias e ansiedades não têm a ver com nossos amores não correspondidos. Nossas perdas apenas atualizam algo que faz parte da nossa existência.

A clínica psicanalítica é o lugar do encontro com nossas verdades. É o espaço para nos confrontarmos com as inseguranças e carências – que são nossas – e que estão por detrás dos nossos fracassos amorosos.

É só através da escuta do analista que daremos conta de entender por que sofremos. Fora isto, passaremos pelas mazelas da vida sempre procurando culpar alguém por nossas infelicidades.

Viveremos mortificando-nos com nossos sintomas e queixas. Insistiremos numa vida paradisíaca de amor impossível. Falta-nos coragem para nos assumirmos como protagonistas das desavenças que compõem a nossa existência – e que não sabemos o que fazer com elas.

Autor: Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

5 comentários sobre “O PSICANALISTA E AS PESSOAS QUE SOFREM POR AMOR…

  1. Amanda santos disse:

    Amei ler sobre isto acho que esse é meu caso gosto mais dele que de mim mesmo,vivo por ele .sofro muito com isto nem consigo viver minha vida é um pesadelo constante .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s