O que VOCÊ faz quando está com MUITA RAIVA de uma PESSOA?

Como lidar com a raiva? Você a exterioriza ou a interioriza? Ambos caminhos necessitam de um bom mediador psíquico. A raiva não pode ser externalizada ou internalizada de forma pura. Quantos não estão agora indo para o vale tudo? Quantos não estão agora dizendo coisas que não deveriam? Quantos não estão agora esbravejando expressões chulas? Quantos não estão agora estatalando os olhos e espumando a boca? É preciso avaliar os riscos. Temos que emprestar consequência para nossos atos. Podemos perder por impulso. Podemos passar por desequilibrado. Podemos provocar reações. Podemos parar em um pronto atendimento psiquiátrico. Precisamos avaliar. Precisamos escolher o melhor caminho. Necessitamos – sempre – de um mediador psíquico. O que fazer com a raiva? Ela pode ser internalizada na forma de mortificação. Pode ser precedida de uma boa reflexão. Pode ser apropriada pelo próprio raivoso no sentido de perceber a sua parcela de responsabilidade em seu destempero. É fundamental preceder a raiva de uma boa análise. Todo surto de ódio possui um histórico de pequenas situações difíceis. É prudente não partir pra cima. Dar um tempo. Voltar para casa. Listar o que é para ser dito. Depois de tudo muito bem pensado é que se deve procurar o outro e desabafar. É importante ser firme e terno. É fundamental ser sincero e justo. Nunca esqueça da sua parcela de culpa. Lembre-se: elegância, sempre!

Autor: Evaristo Magalhães – Psicanalista Clínico

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s