AMOR & CHANTAGEM.

Não existe relacionamento sem um convite implícito. Sempre esperamos algo mais do outro. Quase sempre nos deixamos levar por carências e nos cegamos de nossos dramas. É muito comum confundirmos amor com insegurança. Procuramos no outro uma proteção que ele não pode dar. Deveríamos perceber quando estamos forçando a barra por algo que não é da vontade do outro. Por que não enxergamos quando usamos meios vis para manter nossos amores falidos? O que queremos ao nos fazermos de solícitos e disponíveis? É complicado sustentar um envolvimento endivididando o outro de favores ou usando a dificuldade em lidar com os filhos como meio de forçar a presença. Por que sustentar um relacionamento por incompetência em lidar com dinheiro? São vários subterfúgios que  podemos lançar mão para forçar uma relação. Há casos de submissão pela violência, pelo temor ou por chantagem. Pior são as ameaças de suicídio?! E aqueles tipos que suportam tudo por uma boa conta bancária. E os que vivem uma farsa com receio do que os outros vão pensar?! Poderíamos enumerar aqui uma centena  de amores completamente equivocados. Todos bem tragicômicos. Coisas do amor…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s