Sobre AMAR sabendo-se TRAÍDO …

Você seria capaz de amar sem ser amado? Seria capaz de amar pelo outro? Como explicar esse amor que tudo suporta? Como entender esse amor visceral? Sem comida – morremos. Sem ar – morremos. Sem água – morremos. O amor obsessivo é como comida, ar e água. Em outros amores, a completude é uma ilusão. Há o contentamento de um amor com limites. Há a aceitação de um amor  com conflitos, negociações, concessões e rotinas. O amor visceral é anterior a este amor. É anterior à formação da personalidade. É o mais primitivo de todos os amores. É carnal, orgânico e desmedido. Um é o outro. Um é o pulmão, a visão, os pés e as mãos do outro. É o amor de extrema subserviência. É insensato. É pura intensidade. O outro é tudo. É o amor vivido impulsivamente. O amante é capaz de se definhar por amor. Perder é como arrancar um pedaço. Ajoelha, arrasta, humilha e implora. Se culpa e se desculpa – sem ter errado. Submetemos o amor à moralidade. Criamos a psiquiatria para os amores loucos. Colocamos a sociedade contra os amores desregrados. Elevamos o amor ao patamar da boa educação. Matematizamos as emoções. Endireitamos o amor. Contudo, muitos ainda fazem loucuras por amor. Entram em pânico só de pensar em perder. Ao longo da vida aprendemos de tudo um pouco. Só não aprendemos a amar. A escola do amor continua sendo os livros de auto-ajuda. Ainda assistiremos a muitos espetáculos histéricos de amor. Presenciaremos muitos surtos psicóticos por amor. Estes amantes desregrados precisam do espelho de um bom analista para se verem. Só assim poderão – após se refletirem – fazer uma escolha mais responsável de seus atos de amar.

Autor: Evaristo Magalhães – Filósofo e Psicanalista.

Anúncios

Um comentário sobre “Sobre AMAR sabendo-se TRAÍDO …

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s