Sobre os quatro pilares da vida: família, trabalho, amigos e amor…

Família. Pense naqueles que você tem alguma dificuldade de convivência. Você acha que é possível reconfigurar a relação com estas pessoas? Você acha possível encontrar um jeito de conviver sofrendo o mínimo possível? Você é capaz de pensar que sua raiva pode ser inveja, carência ou competição? Você é capaz de pensar que seu desgosto deve-se mais à você e não ao outro? Se for isto, assuma a sua culpa e dê seguimento à vida. Agora, se o problema é do outro, o melhor é reconsiderar – para seguir leve e livre da raiva que só adoece quem a sente –, mudar o modo de conviver ou distanciar sem remorso. Trabalho. Sabemos que os patrões não estão muito interessados se seus funcionários estão ou não tendo prazer em trabalhar. Muitos acham que estão fazendo um favor em oferecer postos de trabalho. Pois bem, passamos boa parte de nossa vida trabalhando. Você está feliz em seu trabalho ou você só trabalha interessado no salário? Precisamos voltar o pensamento para o cotidiano do nosso trabalho. Precisamos pensar nos minutos e horas que nos sentimos presos sob o olhar vigilante dos outros, presos a um espaço e a uma jornada de trabalho. Precisamos pensar em como aproveitar melhor o espaço e o tempo – às vezes excessivamente estressante – do trabalho. Sei que isto vem sendo, exaustivamente, discutido pelos profissionais de Recursos Humanos. Não sei se a discussão deve vir de fora para dentro. Acho que a questão é mais subjetiva. Acho que precisamos nos escutar mais se vale a pena perder boa parte da nossa vida queixando e sofrendo numa jornada, quase sempre, extenuante de trabalho. Amigos. Você consegue ficar à vontade na companhia dos seus amigos? Você consegue ser do jeito que você realmente é? Você consegue sentar para conversar e esquecer do tempo. Você tem mania de ficar escolhendo as palavras como medo de ser criticado ou rejeitado? Amizade é gratuidade, entrega, repeito e cuidado. Amor. Você se entrega à pessoa que você ama mais do que você se entregaria para qualquer outra? Na intimidade você se sente à vontade para falar e realizar seus desejos e fantasias com ela? Você se sente amado por ela com seus defeitos e qualidades? Você é capaz de perdoá-la, sempre, se sentir que existe amor entre vocês? Você estaria sempre disposto a poupá-la de qualquer sofrimento? Você seria capaz de dispor de tudo o que é seu se sentir que o amor de vocês vale a pena?

 

Autor: Evaristo Magalhães – Filósofo e Psicanalista.

(31) 96171882

Anúncios

Um comentário sobre “Sobre os quatro pilares da vida: família, trabalho, amigos e amor…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s