Minha opinião sobre o FIM de um RELACIONAMENTO…

Como foi o fim do seu último relacionamento? Fico assustado como as pessoas conseguem sair de uma relação e entrar em outra como se nada tivesse acontecido. É imaturo terminar um casamento dizendo que a outra parte foi a única problemática da história. É possível alguém ficar tanto tempo ao lado de uma pessoa à qual nomeia como emocionalmente desequilibrada? Um problemático sempre se alimenta de outro. O diabo sabe muito bem para quem aparece. Um doido depende do outro para existir. Se um fosse bem resolvido a relação sequer teria começado. Todo amor supõe no mínimo dois e ambos têm culpa em tudo de bom e de ruim que acontecer. Colocar todo o erro no outro é se vitimizar. Isto não vai resolver a questão. Não é possível sair sem assumir sua parcela de responsabilidade após o fim de qualquer relacionamento. Alguns saem na maior fissura apenas para provar que são capazes de fazer a fila andar. Quanta ingenuidade! Em qualquer relação é impossível alguém esconder suas fragilidades. É no amor que nossas verdades mais íntimas ficam mais expostas. Todos as nossas emoções – das mais nobres às mais vis – ficam escancaradas. E são os sentimentos que mais temos dificuldades de admitir que afetam nossos amores. É necessário que cada um se pergunte qual foi a sua cota de contribuição para o término da relação. Não foi apenas um que alimentou tanta desavença por tanto tempo. Por que uma das partes não saiu antes? Por que insistiu em continuar? Por que  não foi capaz de colocar um ponto final? Por que não procurou ajuda? Por que sofreu junto tanto tempo? Pelo outro? Duvido. Se você observar atentamente verá como vem repetindo o mesmo padrão em todos os seus relacionamentos ao longo do tempo. Todos os nossos amores são muito semelhantes: as mesmas cobranças, queixas, cenas e dramas. Isto ocorre porque não temos a capacidade de reconhecer que não existe fracasso de apenas uma parte quando dois estão envolvidos. Corremos o risco de repetir tudo de novo – quando nosso último fracasso amoroso não funcionar como um aprendizado. É sempre bom ficar mais atento a si que ao outro. Não acuse. Não se vitimize. Fale primeiro de você. Assuma seus erros. Não é possível separar suas inseguranças de suas desavenças com quem quer que seja. Não culpe o outro por sua infelicidade. Admita que foi você que não deu conta. Tenha a hombridade em reconhecer suas limitações. Faça a sua parte e deixe o outro com a dele.

Autor: Evaristo Magalhães – Filósofo e Psicanalista.

 

Anúncios

10 comentários sobre “Minha opinião sobre o FIM de um RELACIONAMENTO…

  1. romildo portes ferreira disse:

    Meu amigo,
    É assim mesmo, precisamos de gente que é gente igual a você que produz coisas positivas, você é positivo e positivo,,, Agradeço por oferecer esta jóia de testo ao mundo.

    Paz e bem,
    Do PortesromildoPortes.

  2. Mariana disse:

    Relacionamento é um assunto complicado…. o fim de um relacionamento então é algo quase impossível de ser entendido e explicado…. Na maioria das vezes terminamos achando que aquele tempo que ficamos junto com alguém foi insuficiente…. Insuficiente pra ser considerado tempo demais e insuficiente pra ser considerado muito pouco tempo…. O fim de um amor é sempre difícil, não importa o tempo, envolvimento ou intensidade. E talvez por isso mesmo nós acabamos culpando o outro pela nossa infelicidade…. Concordo com vc, é muito importante ter a hombridade em reconhecer nossas limitações e dificuldades na relação.

  3. Edneia Alves disse:

    Nos fins de relacionamento a realidade é que um sempre coloca a culpa no outro, sendo que na verdade os dois se alimentam da mesma culpa. Mas o difícil é enxergar por esse lado, sempre culpamos o outro da nossa infelicidade. O pior é quando entramos de cabeça em outro relacionamento querendo provar pra si mesmo que é o outro é que foi o errado, mas chegamos a conclusão que na realidade pra um relacionamento chegar ao fim ambos são culpados. Não teria frase mais adequada do que a citada no texto “Tenha a hombridade em reconhecer suas limitações e dificuldades na relação” concordo plenamente.

  4. Fabiana disse:

    Até mesmo relacionamentos ruins podem deixar um certo “buraco” emocional. Talvez isso ocorra porque o ser humano foi feito para viver com outras pessoas. Mesmo relacionamentos ruins oferecem uma certa parceria, a possibilidade de contar com a outra pessoa em alguns momentos. E de toda forma o ser humano é feito de rotinas. Chegar em casa e encontrar sempre a aquela pessoa, ou final de semana receber sempre aquela ligação , que mesmo que não seja a pessoa ideal, ainda assim há um certo sentimento de “aconchego”. Perder esta pessoa pode ser doloroso, por incrível que pareça.

    Mas o grande sofrimento acontece quando não esperamos e não desejamos o rompimento pois amamos esta pessoa e não conseguimos nos imaginar longe dela. Algumas vezes acontece de surpresa não havia sinais de insatisfação por parte da outra pessoa, ou porque ele tomou esta decisão repentinamente ou porque não tinha habilidades para ir colocando suas insatisfações.

  5. Larissa Coelho Otoni disse:

    Fim de relacionamento é um tema bastante polêmico independente do motivo pelo qual surgiu essa situação. Em algum momento da vida estaremos sujeitos a passar por ela, acho que ao vivermos tal a melhor maneira é refletirmos e colocarmos na balança tudo o que viveram juntos e se esse relacionamento acrescentou alguma coisa em sua vida, e se a resposta é sim, então é claro que valeu a pena não é por que chegou o fim que devemos esquecer de todos os momentos bons e sair por aí culpando o parceiro e querendo mostrar que o causador de tudo foi o outro.
    Tudo na vida tem um por quê e se pra vocês esse relacionamento chegou ao fim é por que tudo que um tinha para ofertar ao outro já foi ofertado e já não mais o satisfaz completamente como antes. Mas não se culpe por isso, cada um oferece o que se tem, e se nessa relação a sua oferta não foi suficiente em outra será, é só uma questão de darmos tempo ao tempo e sempre tirarmos uma coisa boa de todos as nossas relações.

  6. Carlos Alberto disse:

    O fim de um relacionamento e realmente mt complicado, porque muitas vezes so olhamos os defeito do outro e nunca os nossos, o que acaba nos tornando uma pessoa infeliz pois nao nos examinamos e devemos ter a consciência q somos humanos cometemos erros, principalmente, com as pessoas que mais amamos. Este Post é interessantíssimo,fez eu refletir sobre tudo q envolve uma relação.

  7. Bruna Pereira disse:

    Olha fala de um relacionamento e complicado Mas eu acho que os dois te m que enchergar os pontos fracos da relação e tentar superar o erro. De anbas as partes .

  8. Isabella disse:

    Parabéns pelas belas palavras ditas no texto. Nele pude refletir! É realmente não é possível sair de um namoro sem abstrair dele uma lição de vida é um amadurecimento.
    Você está de parabéns!

  9. Manoel Feitosa disse:

    Penso que o autor do texto comete em sua reflexão (não-crítica) um equívoco sensível em sua máxima, pois parte da premissa de que todo relacionamento termina sem que uma parte tenha assimilado algo ou atribua culpa à outra parte: problemática. Eis que os fatores são os mais diversos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s