GENEROSIDADE …

Você consegue imaginar uma pessoa que não está preocupada em receber nada em troca? Generosidade é desapego. É fazer o bem gratuitamente. A generosidade começa onde termina o ódio e a vingança. Ela é totalmente livre de qualquer pensamento egoísta. Só a generosidade pode manter vivo o estuprador e o sociopata. Ela nunca é má como o mal. Ela combate à maldade sendo absolutamente boa. Não espera nada para si porque vive para o outro. Joga sua vontade ao vento. Não cria expectativas e nem idealiza. Não faz o bem querendo o bem em troca. Por isso, não sofre quando o bem não vem. A generosidade é leve e nada possui. É capaz de abrir mão de tudo pelo outro. Podemos pagar pelos serviços. Contudo, em certas situações pagar não é suficiente. Imagina um cuidador que só cuida por dinheiro? E se acabar o dinheiro? Como ficará? É para isto que a generosidade existe. Só a generosidade pode nos salvar do ódio e do desamparo. Sofremos menos quando nada esperamos. A esperança é egoísta e ansiosa. O homem esperançoso vive preso na expectativa e revoltado quando a vida toma outro rumo. O esperançoso quer impor sua vontade. A generosidade volta para casa leve e livre de qualquer sentimento de posse. Precisamos de mais generosidade. Ninguém está totalmente seguro de prescindir da generosidade. Podemos perder o controle sobre nós mesmos e sobre nossos bens. Não temos garantias de que nossas posses serão suficientes.

Evaristo Magalhães – Psicanalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s